O livro "Redes Arawa - Ensaios de etnologia do Médio Purus", dos organizadores professor Dr. Gilton Mendes dos Santos e MSc. Miguel Aparicio, é resultado do projeto Rios e Redes na Amazônia Indígena, do  Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena (NEAI). O projeto é também vinculado ao Parque Científico e Tecnológico para a Inclusão Social - PCTIS, sob acompanhamento da PROTEC. Cita-se também que o projeto foi apoiado pela parceria entre a Universidade Federal do Amazonas e Natura Cosméticos.

 

 

PROGRAMA OBSERVATÓRIO ITAÚ CULTURAL DE PESQUISA EM ECONOMIA DA CULTURA 2017:

Dedicado a fomentar a produção de reflexões sobre o setor cultural e a compartilhar as experiências e os conhecimentos resultantes;

Prêmios para projetos ligados a universidades ou centros de pesquisa no Brasil e no exterior;

Pesquisa em Andamento e Pesquisa Concluída;

Inscrições gratuitas: de 13 de março a 30 de abril de 2017, exclusivamente no site do Itaú Cultural.

 

Mais informações, acessar o Itau Cultural.

PremiacaoIntel iComp

A equipe composta pelos alunos Gabriel Alisson Costa Queiroz, João Victor Lima Lopes e Rosmael Colsoul de Miranda, todos do curso de Engenharia da Computação, com orientação do professor Dr. Raimundo da Silva Barreto, do Instituto de Computação da UFAM, ganharam na última Competição Intel de Desenvolvimento de  Sistemas Embarcados, evento conjunto com o Simpósio Brasileiro de Engenharia de Sistemas Computacionais (SBESC’2016), o prêmio de menção honrosa pelo projeto “MARIS - Automation and Management of Aquaculture System”. O projeto MARIS tem como objetivo principal a automação da coleta de dados usando diversos sensores (pH, oxigênio dissolvido, turbidez, chuva e temperatura da água), do gerenciamento via Internet e da atuação em tanques de piscicultura, principalmente da qualidade da água que é de suma importância em qualquer criação e para o sucesso da produção. 

Este prêmio é uma forma de reconhecimento pela contribuição, dedicação e qualidade do projeto. Este ano, a Competição Intel foi realizada de 01 a 04 de novembro, em João Pessoa-PB. O objetivo da competição é proporcionar a oportunidade de desenvolver sistemas inteligentes e inovadores, além de contribuir para a evolução deste segmento da computação no Brasil. No total, foram mais de 300 projetos submetidos dos quais 57 foram aprovados, mas somente 45 foram apresentados na Competição. Todos os projetos apresentados tinham alta qualidade e eram fortes concorrentes. Além deste, a UFAM teve mais cinco projetos aprovados, pouco mais de 10% dos projetos, o que foi considerado um grande feito para a nossa Universidade. O projeto MARIS é uma iniciativa do Instituto de Computação (IComp) e teve o patrocínio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM) e do Parque Científico e Tecnológico para Inclusão Social (PCTIS) da UFAM.

 

Página 1 de 3

Últimos Editais

Oportunidades

Oportunidades

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam dignissim lorem at lacus posuere, in rutrum magna elementum. Fusce congue Read More
  • 1